Páginas

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Tempestade

Diz-me, esperas por mim de que lado: do lado do sol ou do da tempestade?
Diz-me, esperas de mim que lado: o lado do sol ou o da tempestade?
Diz-me, gostas de mim de que lado: do lado do sol ou do da tempestade?
Diz-me, ficas comigo de que lado: do lado do sol ou do da tempestade?

Digo-te: espero, gosto, fico contigo no arco íris: onde o sol e a tempestade se juntam e separam cores.
(Vila Real, 24.02.2015)









4 comentários:

  1. Muito bom, parabéns !
    diasporadossentidos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. É sempre bem ter alguém, e sermos alguém, de ambos os lado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é verdade, o complicado é ser meio termo e as pessoas aceitarem-nos nos nossos extremos :)

      Eliminar

Deixem a vossa opinião e também os vossos blogues para eu ir ver :)