Páginas

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Replay infinito #7 - La famille Bélier edition

O filme estreou ontem em Portugal e, embora eu tenha visto a versão francesa num pseudo-Wareztuga francês, estou quase disposta a ir vê-lo ao cinema. Faz lembrar imenso a minha zona quando vivi em França (embora o filme tenha sido gravado no sítio oposto onde eu estava), a França rural é tudo assim: uns têm terrenos enormes para cultivar, outros têm animais e todos acabam nas feiras de produtos regionais a vender o que produzem, por isso é tudo bem diferente daqui. Foi muito bem retratada a realidade do campo e do conceito de família francesa sem falar no facto de eu adorar o francês. Tudo é melhor em Francês, onde a junção das letras PD é um insulto (e dos mais fortes)



As músicas são praticamente todas de Michel Sardou (que equivale à versão melhorada do Tony Carreira em Portugal) e há uma, cantada pela protagonista na sua audição, que se chama Je vole e pronto, vocês sabem o resto. Especialmente dedicada aos pais que não querem que os filhos saiam de casa para ir para as universidades, erasmus, etc. principalmente agora em que se está a decidir o futuro de mais de 45 mil alunos haverão pelo menos 90 mil pais preocupados mas algum dia têm que sair debaixo das saias da mãe, não é?


4 comentários:

  1. É um filme que por acaso gostava de ver.
    Beijinhos
    www.wordsofsophie.com

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. yaaay cinema francês é um nível acima na escadinha da vida :D

      Eliminar

Deixem a vossa opinião e também os vossos blogues para eu ir ver :)